segunda-feira, 4 de maio de 2015

Quem souber, morre

Gente. Pra que tanta intensidade? ME FA-LA.

A pessoa não sabe ter uma vida calma e tranquila. Não. Tem, tipo, que passar por um tsunami emocional a cada três meses. E pra quê? Hein?

Eu sei lá!!

Deve ter algum sentido na minha vida, uma forma de evolução espiritual, castigo por ter sido uma bruxa má na encarnação passada (na verdade, eu acho que isso não é carma só da encarnação passada. É coisa demais pra uma vida só...)

"Ai, Lanussa... tanta gente com tanto problema sério no mundo e tu aí reclamando de besteira..."
Ow meu "quirido"! Ow minha "quirida"! O blog é meu e eu reclamo do que eu quiser.

A pessoa tá há dois dias sem dormir direito, tendo uns sonhos meio psicodélicos, seca igual um palito porque não consegue mais comer e, pra completar, acorda absurdamente enjoada hoje, tendo que viver basicamente a base de luz e água (que é o que ainda desce) e, se eu souber que essa porra toda passa se eu vomitar, eu vou lá no banheiro agora e enfio o dedo garganta abaixo. ("Zulivre"! Tipo, odeio vomitar.)

"Ah, Lanussa... Tá assim porque o bofe pega um avião hoje (de volta pra minha terra), vai chegar, vão casar, ter filho e conta conjunta."

Não.

"Ah, Lanussa... esse enjoo aí. Sei não... Tô achando que isso é barriga..."
Não. Embora o namorado me peça um menino todo dia, eu já deveria estar bem barriguda, né? O que seria de se preocupar devido ao meu atual estado de quase desnutrição.

E falando nisso... Olha a palhaçada, né?

A pessoa vive 2473 anos de dieta. Correndo de batata-frita, sorvete e pizza. Comendo só folha que não tem gosto de nada e outras coisas lights com gosto de capim, serragem e água de riacho e não emagrece nem R$ 0,25 centavos. Aí, de repente, do nada, some a vontade de comer e pluft! Fica parecendo a noiva cadáver. Paia, viu?

Não... Paia nada. Eu tô é me achando!

Pra acabar de completar, eu tô meio que sofrendo bloqueio criativo só que ao contrário. Tipo, há dias em que minha cabeça tá a mil, com frases e palavras dançando nela o tempo todo, eu sentindo que eu tenho, preciso escrever, colocar tudo isso pra fora... Mas cadê que eu consigo? É tanta coisa ao mesmo tempo que se eu fosse colocar aqui como tudo surge na minha cabeça ia parecer que tu pegou um telefone sem fio com um monte de linha cruzada.

Tu ia entender alguma coisa? Não. Não ia.

E aí? Como é que eu faço?

Num faço nada. Porque eu não sei o que é que é pra fazer. Se é pra vomitar, se é pra escrever, se é pra tomar Rivotril ou esperar realmente o boy chegar pra ele resolver pra mim. (hahaha, pensaram coisa, né? Pensaram certo.)

"Ah, Lanussa!! É TPM!!!"

NÃO! ESSA BAGAÇA NÃO É TPM!!

É gente... acho que tô precisando mesmo de terapia. TerApia cheia de louça pra lavar.

Vou ali lavar umas panelas e já volto.


2 comentários:

  1. Kkkkkkkkkkkkk essa Lah kkkkk calma que ele chega já 😜

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkkkkk essa Lah kkkkk calma que ele chega já 😜

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário no Lado de Lah!